Posts com Tag ‘Brasil’

Conhecido como Delta Aquarídeas, o fenômeno ocorre todos os anos entre os meses de julho e agosto, mas atingirá seu pico nos próximos dias.

A espetacular chuva de meteoritos que poderá ser vista nos céus de todo mundo no fim de semana.

Duas impressionantes chuvas de meteoros poderão ser observadas nos próximos dias

 

Conhecido como Delta Aquarídeas, o fenômeno ocorre todos os anos entre os meses de julho e agosto, mas atingirá seu pico nos próximos dias.
Uma espetacular chuva de meteoros poderá ser observada a partir desta sexta-feira e durante o fim de semana em todo o mundo.

Conhecido como Delta Aquarídeas, o fenômeno ocorre todos os anos entre os meses de julho e agosto, mas atingirá seu pico nos próximos dias.

Segundo astrônomos, até 20 meteoros poderão ser observados por hora.

A chuva de meteoros Delta Aquarídeas é ligada à passagem do cometa 96P/Machholz, descoberto em 1986 por um astrônomo amador.

A lua minguante tornará o fenômeno ainda mais especial, pois com menos luz os meteoros ficam mais visíveis.

As melhores horas para observar o Delta Aquáridas são entre a meia-noite e antes do amanhecer, entre duas e três da manhã.

Quem estiver no Hemisfério Norte, deve olhar para o sul, perto da constelação de Aquário.

Já que vive abaixo da linha do Equador, como é o caso do Brasil, tem mais sorte, pois os meteoros estarão mais visíveis. Será preciso olhar para o norte.

Segundo astrônomos, até 20 meteoros poderão ser observados por hora

 

Perseidas

Contudo, os moradores do Hemisfério Norte poderão ver com mais nitidez as Perseidas, uma outra chuva de meteoros ligada à passagem do cometa Swift-Tuttle, em meados de agosto.

Quem mora acima da Linha do Equador poderá observá-las perto da constelação de Perseu, entre o nordeste e o norte.

Já quem vive no Hemisfério Sul, será preciso olhar em direção ao norte do horizonte.

As chuvas de meteoros ocorre quando a Terra cruza a órbita de um cometa.

Quando está perto do Sol e se aquece, o corpo celeste perde pedaços deixando um rastro de pó.

Chuva de meteoros acontece quando Terra cruza órbita de cometa

“São esses detritos que se chocam com a atmosfera exterior da Terra a 150 km/h, fazendo com que se evaporem como meteoritos ou estrelas”, afirmam especialistas ouvidos pela BBC.

Segundo o site de notícias de ciência Sciencealert, a gravidade da Terra atrai pó e gelo que se desprendem do cometa.

BBCBrasil.comBBC BRASIL.com – Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC BRASIL.com.
Anúncios

Trago aqui a voces leitores do Aliens na Terra interessante coletânea de casos de OVNIS brasileiros publicados pela revista Super Interessante em junho de 2005, logico que com grandes incrementos da minha parte como videos dos casos e materias mais recentes confirmando ou desvendando os casos. Boa leitura e otima diversão!

Itens constam em matéria publicada pela revista Super Interessante em junho de 2005. Clique aqui para ver a matéria original.

Alguns casos de contatos com alienígenas em terras brasileiras se tornaram clássicos da ufologia. Especialistas apontam os (mais…)

Video gravado hoje, 06 de maio de 2013 em Piracicaba interior de São Paulo.

O autor infelizmente não da mais informações sobre a gravação, mas podemos notar que algo de grande tamanho atravessa o céu local. Pode ser um OVNI, um meteoro ou mesmo a queda de um satélite, mas o que mais estranha nas imagens é o formato do objeto (muito parecido com um tipico disco voador) e suas alternancias de velocidade e de direção.

Fonte do Video: Youtube – Autor: André Lima

A ação de 1977 é tratada como um dos maiores esforços militares em busca de objetos voadores não identificados no Brasil

O Ministério da Defesa promete revelar, em junho, documentos secretos de uma das maiores operações militares envolvendo objetos voadores não identificados no Brasil. A Operação Prato, de 1977, que levou a Força Aérea Brasileira (FAB) para verificar ocorrências extraordinárias no Pará, produziu um grande volume de material, em relatos, fotografias e vídeos, grande parte secreta até hoje. A decisão foi tomada após reunião com membros da Comissão Brasileira de Ufólogos (CBU) e representantes das Forças Armadas, no dia 18 de abril.  

Documentos
O Brasil é um dos pioneiros na investigação de objetos voadores não identificados. Oficialmente, de 1969 a 1972, a Força Aérea Brasileira teve até um órgão dedicado a esse propósito. Desde a regulamentação da Lei de Acesso à Informação (LAI), alguns documentos da Força Aérea, que relatam eventos de 1950 até 2010, foram liberados. Mas os ufólogos afirmam que grande parte do material produzido nessa busca por óvnis ainda não veio a público. Por isso, eles principiaram, em 2004, uma campanha chamada “UFOs: Liberdade de Informação Já”, com o objetivo de pedir ao governo a liberação desses arquivos.

 Os ufólogos acreditam que haja milhares e milhares de documentos sobre o assunto em posse da Marinha e do Exército. “Da Marinha, existe o caso da Corveta Mearim, de UFOs que perseguiram embarcações brasileiras da Marinha e deixaram seus equipamentos inutilizáveis, alguns por um determinado período. E o caso Ilha da Trindade, de 1958, sobre um óvni que teria sido visto pela tripulação de uma embarcação da Marinha”, explica Ademar Gevaerd, jornalista e editor da revista UFO

Já do Exército, os ufólogos esperam documentos oficiais sobre o Caso Varginha, de 1996, que teve repercussão nacional. Segundo Gevaerd, esse caso teve uma investigação secreta e contou com envolvimento dos militares. “Esses documentos o exército nunca entregou, e eles existem. Nós entrevistamos militares que descrevem detalhes da captura dos dois seres e de restos da nave espacial. Temos o áudio dessas entrevistas, inclusive. Não vamos revelar nomes, mas nós temos esse registro”, afirma. 

O coronel Alexandre Emilio Spengler, coordenador do Serviço de Informações ao Cidadão do Ministério da Defesa, alegou que, com exceção da Operação Prato, o restante dos documentos solicitados se encaixa em uma destas categorias: 1) encontra-se à disposição nos arquivos da Marinha e do Exército e no arquivo Nacional; 2) não foi encontrado; 3) foi destruído;  4) nunca existiu. 

Conforme Spengler, a Operação Prato, do Comando da Aeronáutica, é a pasta secreta que faltava revelar. “O último documento sigiloso, e ainda não entregue aos ufólogos, é o da Operação Prato, que poderá ser aberto já em 1º de junho de 2013. Os demais documentos solicitados pelos ufólogos ou não foram encontrados, ou não existiram, ou foram destruídos, como é previsto em lei”, afirma. Ele se refere ao ao decreto nº 79.099/77, que regulamentava a salvaguarda de documentos sigilosos e permitia sua destruição, assim como dos eventuais termos de destruição, pela autoridade que os elaborou ou por quem detivesse sua custódia. 

Operação Prato
Em 1977, a Força Aérea Brasileira deslocou mais de 20 militares para uma operação especial: registrar e verificar ocorrências de luzes hostis e manifestações misteriosas na cidade de de Colares, no Pará. Armados com câmeras fotográficas e filmadoras, os agentes não presenciaram nada extraordinário nos dois primeiros meses. Depois, no entanto, de acordo com os relatos, o cenário se alterou completamente: objetos luminosos se movimentando erraticamente, naves maiores do que prédios de 30 andares e depoimentos chocantes da população ribeirinha. 

A Operação Prato, como ficou conhecida, resultou em 2 mil páginas de documentos, 500 fotos e 16 horas de filme. Porém quase tudo permanece arquivado, segundo Gevaerd. “Ainda falta 80% do material, centenas de fotos, vídeos que foram registrados, relatórios dos pilotos, que fizeram a perseguição – nada disso foi liberado”, esclarece. 

Da liberação
Segundo o art. 45 do Decreto 7.724, de 16 de maio de 2012, que regulamenta a Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011, as informações desclassificadas nos últimos 12 meses devem ser publicadas, anualmente, até 1º de junho de cada ano. A Comissão Permanente de Avaliação de Documentos Sigilosos (CPADS) do Ministério da Defesa é quem avalia os documentos sigilosos do Ministério da Defesa. “Na reunião do dia 18 de abril de 2013, o representante do Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (Comdabra) informou que os documentos referentes à Operação Prato (Pará) estão sendo reavaliados por essa Comissão e que poderão perder o sigilo (secreto) já em 1º de junho de 2013”, declara Spengler. 

Interesse
A reunião, realizada no dia 18 de abril, foi um marco no diálogo entre ufólogos e militares. “É a primeira vez na história, não só do Brasil, mas do mundo, que o Ministério da Defesa chamou os ufólogos para conversar e expressar os seus pontos de vista. Saímos da reunião sem nenhum documento adicional, mas com a promessa de que eles vão ser liberados”, destaca Gevaerd.  

Essa medida atende a um interesse da população, já que a ufologia açula a curiosidade dos terráqueos. Ao todo, houve 107 solicitações de informações sobre óvnis (cinco da administração central do Ministério da Defesa, nove do Comando da Marinha, 26 do Comando do Exército, 65 do Comando da Aeronáutica e dois da Escola Superior de Guerra). “Foi a maior demanda sobre um único assunto recebida pelo Ministério da Defesa”, ressalta Spengler. 

Para Gevaerd, revelar todos os documentos demonstraria transparência e responderia muitas questões. “Ainda existe uma dúvida se os óvnis existem ou não. As pessoas torcem o nariz e perguntam: ‘Será?’”, comenta. “Com a liberação dos documentos, deixa de haver um mistério, passa a haver transparência, e é isso que as pessoas querem”, insiste. Pelo menos em relação à Operação Prato, as dúvidas serão respondidas em junho.

Fonte: Portal Terra

 

Vídeo de minha própria autoria (Sundeksp, um dos fundadores do Blog) gravado no dia 21/12/2012 na região da Vila Ema, Zona Leste de São Paulo, as 21:53h, testemunhado desde o seu inicio por @frasesdogoda e um terceiro amigo, Rafael Tangi.
Esse estranho objeto apareceu no céu se movendo rapidamente até parar no ponto onde a filmagem começou, aproximadamente um minuto após sua aparição.

Ele piscava de uma forma bastante intrigante em apenas uma cor, algo muito parecido com prata. Se observar atentamente, verá que o objeto (mais…)

Detalhe do OVNI em Minas Gerais. (Foto: Laís Aparecida da Silva Correia)

Vídeo gravado por três adolescentes em Três Pontas, Minas Gerais no dia 26 de agosto de 2012 por volta das 15h mostra um perfeito OVNI entre as nuvens. Espantoso é o final da gravação, quando as crianças dão zoom no objeto que desaparece rapidamente gerando indignação nos autores presentes: “Dá pra ver certinho. É uma nave, eu tenho certeza.”, dizem as crianças.

O vídeo foi enviado ao Portal G1 (mais…)

A reportagem foi realizada pela Record no programa Balanço Geral do Rio de Janeiro e foi ao ar no dia 27 de julho de 2012.

Na matéria vemos a estranha luz captada por uma câmera de segurança instalada em um sítio em Queimados, baixada Fluminense. Essa luz foi identificada como sendo uma possível nave espacial e na mesma hora um ufólogo foi chamado até o local para investigar o caso. Seu nome é Orlando Barbosa Júnior que fez o seguinte comentário: “Vamos montar um posto de pesquisa e ver se esse fenômeno retorna aqui. O último (mais…)

Vídeo gravado em Patrocinio Minas Gerais, em 19 de julho de 2012 entre 15h e 16h.

A primeira impressão que temos do objeto é de que seria apenas um daqueles balões pretos compridos, mas pelos movimentos praticados e pelo reflexo do sol em suas partes, achamos que trata-se realmente de um objeto desconhecido.

Testemunho do autor: “Testemunho relatório: Ele pairava sobre a cidade por cerca de 1 hora, 14:00 – 15:00.
Foi visto por um monte de gente por toda a cidade, causando até mesmo uma transmissão ao vivo na rádio local.”

Veja o vídeo


Fonte: Youtube – Autor:

OVNI no Rio de Janeiro – Abril/12

Publicado: 7 de maio de 2012 por sundeksp em Videos & Relatos
Tags:, , , ,

Vídeo gravado em Jacone, Rio de Janeiro no dia 07 de abril de 2012.

Nas imagens podemos ver um objeto em forma circular de cor prateada que pisca a todo momento.


Fonte: Youtube – Autor:

Em 20 de abril de 2012 entre 23h e 23:30h diversos estados brasileiros observaram algo diferente no céu: a queda de um meteoro. Abaixo selecionamos alguns vídeos com imagens desse admirável fenomeno. (mais…)