Posts com Tag ‘nibiru’

image

Coisas estranhas estão acontecendo cada vez com maior freqüencia no mundo todo. Nas últimas semanas vêm ocorrendo vários relatos de pessoas que viram ou até fotografaram e filmaram dois sóis no céu em determinados momentos do dia, em várias partes do mundo. Não sei se é falso ou não, mas se tem alguma veradade, é no mínimo preocupante.
(mais…)

Em maio deste ano, o pesquisador brasileiro Rodney Gomes apresentou à Sociedade Americana de Astronomia um estudo que reacendeu a discussão em torno da existência do Planeta X, o famoso corpo celeste hipotético que, segundo um mito sumério, é do tamanho de Júpiter e poderia passar tão perto da Terra que causaria destruição. Contudo, o astrônomo do Observatório Nacional, do Rio de Janeiro, encontrou problemas na pesquisa e está refazendo os cálculos que o levaram a cogitar que um planeta quatro vezes maior que a Terra estivesse orbitando a 225 bilhões de km do Sol.

Para o trabalho inicial, o pesquisador analisou as órbitas de 92 objetos do Cinturão de Kuiper e comparou os resultados com modelos computacionais de como os corpos deveriam ser distribuídos, com e sem um planeta adicional. Ele concluiu que, se não existisse um planeta distante, as órbitas de seis dos objetos estudados não seria tão alongada. A causa dessas perturbações poderia ser a presença de um companheiro solar de massa-planetária – o que muitos viram como a possibilidade de ser o Planeta X.

Gomes, contudo, afirma não ter considerado nos cálculos originais a perturbação de estrelas passantes, que também poderiam causar alterações. “Considerar as estrelas passantes pode mudar o resultado dos cálculos, mas também pode ser que não mude o fluxo dos objetos”, explica o astrônomo, que ainda está em fase de pesquisa para alterar o estudo.

O pesquisador conta que, ao apresentar o trabalho, esperava um feedback maior da comunidade científica, e que a questão das estrelas passantes não foi apontada por ninguém na ocasião. “A existência dessa companheira, contudo, não é nada absurda. Toda estrela pode ter uma companheira, há de 5% a 10% de chance”, ressalta.

Gomes afirma ainda estar procurando uma alternativa para refazer os cálculos que vá demorar menos tempo do que a maneira clássica de integração numérica, que deveria levar pelo menos seis meses.

Curiosamente, Gomes já se dedicou ao estudo de um “planeta X”, mas que, segundo ele, não seria o mesmo que gera as discussões atualmente. Ele aponta que, na época em que fez a pesquisa para seu doutorado, em 1987, existiam discrepâncias que enfraqueciam a possibilidade de existência do planeta.

Fonte: Portal Terra

Para ler mais a respeito sobre o Planeta X, clique aqui.

 

Por SundekSP em 10 de novembro de 2011 às 23:23h para Aliens na Terra

Em 2011 temos um grande aumento de imagens (fotos e vídeos) do evento G1.9STV, conhecido popularmente por PLANETA NIBIRU (nome dado ao planeta pelos Sumérios). Mas você sabe quais as teorias, as lendas e as realidades (versões oficiais) sobre esse misterioso “planeta”? Pesquisamos em diversos meios de comunicação, entrevistamos cientistas e especialistas em astronomia, tudo para tentar escrever uma reportagem que esclareça todas as dúvidas a respeito desse evento. Abra sua mente e uma boa leitura para você! (mais…)